Os lapsos do pseudo-desenvolvimento verde

6 01 2008

No passado dia 05.01.2008 os jornalistas António Garcias e Manuel Carvalho do Jornal PÚBLICO, escreveram: “EDP danifica paisagem de zona protegida do Tua com “estradão” construido sem cobertura legal”.

 

“O “estradão” de 600 metros de comprimento por cinco de largura que a EDP e a Teixeira Duarte construíram na margem direita do rio Tua não obedeceu a qualquer autorização legal por parte das autoridades competentes e foi já alvo de um processo de contra-ordenação aberto pela GNR em 11 de Julho do ano passado. O caminho, situado a escassos metros do leito do rio, alterou de forma irreversível o rosto do vale, que está inscrito na Reserva Ecológica Nacional (REN). A Quercus classifica a estrada como um “crime ambiental muito grave” e vai avançar com uma queixa junto da Procuradoria-Geral da República.” 

 

 EDP 

Advertisements

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s